Formação de competências empreendedoras em universitários

Como introduzir os estudantes universitários no empreendedorismo? Tenho sido recorrentemente demandado para participar de palestras e de mesas de debate com professores, estudantes e dirigentes de instituições de ensino superior (IES) brasileiras com o intuito discutir algumas iniciativas que podem servir como resposta. Nesta edição, apresento uma delas: o projeto de formação de competências empreendedoras para estudantes universitários de variados cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal do Ceará (UFC), o Ciclo de Formação em Empreendedorismo Inovador do Centro de Empreendedorismo (CEMP). Boa leitura!

 

Com os objetivos de sensibilizar a comunidade acadêmica para a cultura empreendedora, formar competências empreendedoras e capacitar estudantes para a ideação, a modelagem e a validação inicial de um novo empreendimento inovador em equipe multidisciplinar, foi desenvolvido o Ciclo de Formação em Empreendedorismo Inovador do CEMP UFC que, em 2017, realizou a 3ª edição. Após lançamento de um edital de inscrições, foram selecionados cerca de uma centena de alunos de graduação e de pós-graduação (mestrado e doutorado) da Universidade Federal do Ceará e de outras instituições de ensino superior do estado do Ceará.

 

Em linhas gerais, o ciclo de formação baseou-se na realização de interações semanais sequenciais realizadas nos meses de maio e junho, de forma tal a possibilitar que os participantes tivessem contato com empreendedores, investidores, consultores e gestores https://kredit-n.ru/oformit-zaym.html de negócios por meio de workshops e mentorias. Foram transmitidos conteúdos técnicos sobre ideação, modelagem e validação de negócios, além de passadas experiências empresariais de sucesso e de criação de novos empreendimentos inovadores. Participando dos encontros, os estudantes foram possibilitados a formarem 14 equipes multidisciplinares, a criarem networking entre si e com pessoas do ecossistema empreendedor local, a receberem mentorias intensivas e a desenvolverem competências para testarem e validarem seus projetos de negócios.

 

De forma específica, no primeiro encontro formativo, os estudantes participaram de um workshop introdutório sobre empreendedorismo inovador, realizaram dinâmicas para compartilhar sonhos de empreendimentos, identificar problemas e formar equipes multidisciplinares para iniciarem projetos de negócios. No segundo encontro, as equipes participaram de workshops sobre as metodologias Lean Canvas e Lean Startup para serem introduzidos na modelagem de negócios, além de aprenderem sobre validação de problemas e receberem as primeiras mentorias de especialistas. No terceiro encontro, as equipes aprofundaram a discussão sobre modelagem de negócios e aprenderam sobre prototipagem, produto minimamente viável (da sigla em inglês MVP), formas de monetização e acesso ao capital, além de receberem mentorias de especialistas nos temas abordados por cada projeto de negócio. No quarto encontro formativo, as equipes receberam capacitação acerca da realização de um pitch para investidores, passaram por mentorias adicionais e, no chamado “demolation”, realizaram uma simulação da apresentação dos projetos de negócios para uma banca de jurados, recebendo feedbacks para melhor se prepararem para o momento final da formação: o demoday!

 

No formato de competição de modelos de negócios aos moldes do Startup Weekend, Inovativa Brasil, Sua Ideia na Prática, entre outros, o demoday foi o momento final do ciclo de formação. No demoday, as 14 equipes realizaram um pitch sobre os projetos de negócios para concorrerem a prêmios e terem contatos com representantes de aceleradoras de negócios e fundos de investimentos, sendo premiados os três melhores projetos: Rumbora – plataforma de compartilhamento de caronas; Minha Clínica – plataforma de conexão entre clínicas populares e pacientes. Foi uma jornada de cerca de 30 dias de trabalho intenso para que os estudantes vivenciassem uma experiência empreendedora para desenvolverem competências em empreendedorismo! Teoria e prática caminhando lado a lado, exigindo muita superação dos estudantes para modelarem e apresentarem uma ideia de negócios para uma banca de jurados experiente e exigente.

 

Ao final da formação, foi ressaltada a importância de os empreendedores terem muita resiliência, buscarem capacitação constante e trabalharem muito arduamente para transformar os projetos de negócios inovadores em empreendimentos realmente sustentáveis. Como diz o provérbio chinês: “uma longa caminhada começa com um simples passo.” O ciclo de formação foi o primeiro passo para introduzir os estudantes no universo do empreendedorismo!

 

Almeja-se que dirigentes, professores e estudantes de IES brasileiras possam se inspirar na iniciativa e ajudar a formar novas gerações de empreendedores universitários. Até a próxima!

Compartilhar
Abraão Freires Saraiva Júnior
Abraão Freires Saraiva Júnior
Parceiros
Receba Novidades
Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos exclusivos.

*Não enviaremos spam

Entre em contato
[email protected]
Localização
Rua Tomás Acioli, 1493
CEP: 60135-180
Fortaleza-CE
Redes Sociais

© inovamundo. Todos os direitos reservados.